Educação em Guaratinga: o descaso do poder público continua e professores entram em greve por falta de pagamento.

Redação - 09/10/2018 - 09:27


A situação está de mal a pior no município de Guaratinga. Professores  vem tendo problemas de pagamento desde  do inicio do Governo de Cristine Pinto.

O sindicato da classe, a APLB Núcleo Garça Branca, acaba de emitir uma nota de esclarecimento à sociedade guaratinguense, pais, alunos e profissionais da educação, informando que desde segunda-feira dia 08 de outubro, um dia após as eleições, a educação está paralisada por falta de pagamento dos professores.

A paralização iniciada nesta segunda-feira (08), após uma Assembleia Geral, ficou  decidido que será por tempo indeterminado. A nota da APLB diz ainda que não aceitam pagamento após o ultimo dia do mês trabalhado.

A Coordenação da APLB/Sindicato Núcleo Garça Branca, comunica ainda que não aceita pagamento dia 10 como tem ocorrido nos últimos meses. “O dinheiro do mês de setembro chegou até dia 30, portanto, não faz sentido esperar até dia 10 para receber os nossos vencimentos”, disse o coordenador da APLB-Sindicato.

WhatsApp Giro de Notícias (73) 98160-3777
Adicione nosso número, envie-nos a sua sugestão, fotos ou vídeos.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS

Nome:

Texto:

Máximo de caracteres permitidos 500/



Tenha pena Deus desses profissionais de Guaratinga
Toninho