Jair Bolsonaro é eleito presidente com quase 11 milhões de votos à frente de seu adversário.

Redação - 29/10/2018 - 12:58


Finalizada a apuração das urnas no segundo turno das eleições de 2018, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) recebeu quase 58 milhões de votos, frente aos 47 milhões do adversário, Fernando Haddad (PT). Ele é o oitavo presidente do Brasil depois da redemocratização, no final da década de 1980. O percentual do presidente eleito equivale a 55,20% dos votos válidos, contra 44,80% do petista.

O segundo turno foi marcado por uma abstenção de mais de 21% dos eleitores brasileiros, e votos brancos e nulos somaram quase 10% dos votantes – o que deixa o número de não voto ligeiramente superior ao registrado no primeiro turno. Na primeira etapa, foram 29,9 milhões de ausentes, 3,1 milhões de votos em branco e 7,2 milhões de nulos.

Ao todo, foram registrados 109.936.946 votos. Destes, 99.399.163  válidos, 2.371.683 (2,16%) brancos e nulos 8.166.100 (7,43%). As abstenções chegaram a 29.519.904 (21,17%)​ em todo o Brasil.

Jair Messias Bolsonaro é militar da reserva e político brasileiro, filiado ao Partido Social Liberal (PSL). Ele formou-se na Academia Militar das Agulhas Negras em 1977 e serviu nos grupos de artilharia de campanha e paraquedismo do Exército Brasileiro. Tornou-se conhecido do público em 1986, quando escreveu um artigo para a revista Veja criticando salários de oficiais militares. Por causa disso foi preso por quinze dias, mesmo tendo recebido cartas de apoio de colegas do exército. Foi absolvido dois anos depois.

Bolsonaro ingressou na reserva em 1988, com o posto de capitão, para concorrer à Câmara Municipal do Rio de Janeiro naquele ano.

Bolsonaro anunciou sua pré-candidatura à Presidência do Brasil em março de 2016 pelo Partido Social Cristão.Em janeiro de 2018, no entanto, anunciou sua filiação ao Partido Social Liberal (PSL), o nono partido político de sua carreira desde que foi eleito vereador em 1988.

Sua campanha presidencial foi lançada em agosto de 2018, com o general aposentado Hamilton Mourão como seu vice na chapa. Ele se apresenta como defensor dos valores familiares.

Em 7 de outubro, Bolsonaro ficou em primeiro lugar no primeiro turno das eleições presidenciais de 2018, com o candidato Fernando Haddad, do Partido dos Trabalhadores (PT), em segundo. Os dois se enfrentarão novamente no segundo turno, em 28 de outubro.

WhatsApp Giro de Notícias (73) 98160-3777
Adicione nosso número, envie-nos a sua sugestão, fotos ou vídeos.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS

Nome:

Texto:

Máximo de caracteres permitidos 500/



Bom dia a todos do Giro de Noticias . Sou brasileira casada com um cubano e durante toda campanha das eleiçoes vc nos ajudarm muito com as informacoes , quero agradecer e tamber dizer q fizemos uma linda e emocionante campanha pro Bolsonaro todos amigos e familiares de meu esposo nos ajudaram. Eles cubanos torcendo p q nosso pais pudessr sair das maos dessa ditadura maldita de Fidel Castro e Cia . Nunca tinha visto algo tao emocionante ,registrei tudo
Elizabe e Pedro

Haddad, PT, Lula e a corja toda não tem mais moral nenhuma nem p eleger um vereador, quem pensar e quiser ganhar tem q sair do PT, RUI COSTA foi o último suspiro, morreu PT
Bartolomeu mariano

A turma do Ptzinho agora vai procurar o q fazer, vai trabalhar pois não vão mais achar onde roubar
Mecânico de itabela