Professores da rede municipal de ensino de Jucuruçu recebem pagamento referente ao rateio do FUNDEB.

Redação - 10/01/2019 - 08:36


Após várias reivindicações foram contemplados com um "14º" salário, fruto do rateio de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) destinados no exercício de 2018.

O rateio do FUNDEB foi autorizado no dia 08/01/2019 pela prefeita Uberlândia Ferreira. Ao anunciar o benefício, a prefeita garantiu estar resgatando um compromisso com os profissionais da educação no Município de garantir prioridade total para o setor.

O fundo é um recurso destinado pelo Governo Federal para pagamentos de professores e técnicos da área do magistério, que é destinado além de outras ações a reformas, contratação profissional para a educação, aquisição de materiais, entre outras finalidades.

A lei 11.494 (Lei do Fundeb) prevê em seu artigo 22, que a aplicação de pelo menos 60% dos recursos anuais do fundo devem ser destinados ao pagamento dos profissionais do magistério em efetivo exercício na rede pública. Quando essa aplicação ao longo do ano não atinge sua totalidade, o gestor deve distribuir essa sobra com aqueles que recebem pela folha do FUNDEB 60%.

Nas maiorias dos municípios os prefeitos não tem feito o rateio da sobra de recurso referente aos 60% dos Fundeb. De acordo com a lei 11.494 (Lei do Fundeb), a sobra desse recurso no decorrer do ano devem ser dividido entre os  professores.

WhatsApp Giro de Notícias (73) 98160-3777
Adicione nosso número, envie-nos a sua sugestão, fotos ou vídeos.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS

Nome:

Texto:

Máximo de caracteres permitidos 500/



Realmente esse dinheiro melhoraria a vida de muitos professores,seria um grande presente, nossa profissão deveria ser mais valorizada pois a parti dela se formam outras profissões.
Madalena Gomes

Realmente esse dinheiro melhoraria a vida de muitos professores,seria um grande presente, nossa profissão deveria ser mais valorizada pois a parti dela se formam outras profissões.
Madalena Gomes

Pedimos ao nosso presidente Bolsonaro que resolva nossos aumento que o prefeito de Vitória de Santo Antão Pe. Não segue pelo o aumento valor aluno o governo federal manda nossos aumento do valor aluno e ele não repassa então queremos que nosso presidente resolva nossos direitos garantidos o prefeito não gosta do nosso presidente poriso ele maltrata não dando o aumento valor aluno espera que nosso presidente resolva nossos caso e nem repassa nossos direitos do FUNDEB
Maria Lúcia de Souza

Vitória de Santo Antao Pe . Não repassa o FUNDEB aos professores porque não sei o prefeito também nunca da o aumento do governo federal.o governo federal manda o aumento do valor aluno e ele passa por cima da lei e não dá quero saber dos senhores porque ele não faz o que certo sei que vossa excelência resolva nossos direitos dados pelo governo federal e o prefeito não cumpre gostaria de uma resposta e o governo federal procurar o que o prefeito faz de errado e meu presidente Bolsonaro
Maria Lúcia de Souza

O Município da Vitória de Santo Antão, está sendo administrado por um prefeito que não valoriza os professores. Que retira direitos .
Maria

Antigamente tínhamos rateio do Fundeb em em Vitória de santo Antônio,mas agora com essa gestão acho difícil . Parabéns aos prefeitos que estão respeitando os direitos dos professores .
Aurelina

O problema de Vitória, é que o prefeito faz o que quer e a justiça não aplica nenhuma pena para ele. Se houvesse uma penalidade severa para todos os prefeitos que descumpridas essa lei, teríamos todos os nossos direitos respeitados.
Maria Nazareno de Souza.

O problema de Vitória, é que o prefeito faz o que quer e a justiça não aplica nenhuma pena para ele. Se houvesse uma penalidade severa para todos os prefeitos que descumpridas essa lei, teríamos todos os nossos direitos respeitados.
Maria Nazareno de Souza.

O problema de Vitória, é que o prefeito faz o que quer e a justiça não aplica nenhuma pena para ele. Se houvesse uma penalidade severa para todos os prefeitos que descumpridas essa lei, teríamos todos os nossos direitos respeitados.
Maria Nazareno de Souza.

O problema de Vitória, é que o prefeito faz o que quer e a justiça não aplica nenhuma pena para ele. Se houvesse uma penalidade severa para todos os prefeitos que descumpridas essa lei, teríamos todos os nossos direitos respeitados.
Maria Nazareno de Souza.

O prefeito da cidade de Vitória de Santo Antão não repassa nossos resíduo do FUNDEB não respeita a lei do professor fica com nossos repasse e diz que não tem e sabemos sim que nossos repasse é dado pelo nosso governo federal e o prefeito da cidade de Vitória de Santo Antão Pe. Espero que vossas excelências tome um providenciar cabides
Sou professora da cidade de Vitória de Santo Antão Pe

Sou professora da cidade de Vitória de santo Antão Pe.o prefeito não repassa nossos rateios que os senhores tomem providências dessa questão do nossos direitos
Maria Lúcia de Souza

Em Vitória de santo Antão o prefeito não repassa nossos rateios ,ele leva tudo pra o bolso dele nossos repasse ele não passa gostaria que os senhores deputados federais ou o senhor Moro desse uma prensa no prefeito da cidade de Vitória de santo Antão
Maria Lúcia de Souza

Parabéns a essa prefeita ! Ela fez o que a lei manda. Espero receber o nossa. Em nosso município a metade do dinheiro já chegou, mas o prefeito ainda não resolveu pagar , quem sabe ele.vendo a atitude dessa prefeita ele reflita . É abra seu coração..
Ielda Kedma

Eu também gostaria... só que moro na Bahia e o governador do PT vai nos dar é uma banana e não o que é nosso por direito! Deveria ser para todos e não para alguns municípios,poxa vida!
Roberta halla

O Município de Serra Talhada , o gestor não tem consideração nem respeito pelo professor, temos recursos para recebermos e ele não comparece as audiências. Só Deus pra nos ajudar. ,P
Maria José professora do ensino e um .

A atitude deve ser essa para todos os gestores. Mas, a consciência é diferente entre eles. Parabéns para essa prefeita...
Marluzenice Santana

Bom seria se todos tivessem a atitude dela.
Jose