Presidente e o Relator da CPI do Covid são acusados de corrupção.O presidente já teve familiares presos e foi alvo de busca e apreensão.

Riro de Noticias - 29/04/2021 - 08:21


O presidente Ada CPI Omar Aziz (PSD-AM), foi alvo da Polícia Federal em uma operação contra desvios de recursos da saúde no estado do Amazonas.  Foram cumpridos nove mandados de prisão temporária e bloqueios de até R$ 92 milhões. Há mandados de busca e apreensão contra o senador e ex-governador do Amazonas, Omar Aziz (PSD-AM), e alguns de seus familiares. O juiz Marllon Souza, da 2ª Vara Federal do Amazonas, determinou ainda a retenção do passaporte de Omar Aziz e proibiu o senador de se ausentar do país.

Segundo nota divulgada pela PF, a investigação coletou indícios "robustos" de crimes que teriam sido cometidos por Omar Aziz, que preside uma das principais comissões do Senado, a  Comissão de Assuntos Econômicos.

Outro vexame da escolha deste acusado como presidente da CPI, se dar pelo fato  foi que a  mulher dele, Nejmi Aziz, e três irmãos dele (Murad Aziz, Mansour Aziz e Amin Aziz)  foram presos.  Nejmi é vice-presidente do PSD do Amazonas e foi candidata a deputada estadual nas eleições de 2018, mas não se elegeu. Murad já havia sido preso em outubro de 2018 na Operação Cashback, outro desdobramento da Operação Maus Caminhos. Ele é investigado por tráfico de influência e lavagem de dinheiro.

Segundo inquérito da PF, ele era um dos responsáveis por coletar vantagens indevidas de instituições que prestação serviços de saúde ao governo  do Amazonas. De acordo com o Ministério Público Federal, a função dos familiares de Omar no esquema era a de realizar o recebimento de dinheiro ou ajudar no processo de lavagem dos recursos desviados.

Outro vexame igual ou Pior

A CPI da Covid  tem como relator o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que de acordo com a Agência O Globo, Este tem 17 inquéritos em curso no STF. Além disso, ele também é réu em uma ação penal.

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a abertura de mais um inquérito para investigar Desta vez, o foco das apurações são os possíveis desvios no Postalis, o fundo de pensão de funcionários dos Correios. Este é o 17º inquérito em curso no STF contra Renan. Este será o parlamentar que vai  dar parecer para quais requerimentos sejam analisados.

A CPI Segundo informações tem um objetivo, criar um palanque político com intuito de desgastar Bolsonaro para as eleições do ano que vem. Os trabalhos da comissão  começarão pelas convocações dos ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, que devem prestar depoimento na terça-feira (4). Já o ex-ministro Eduardo Pazuello fala na quarta (5), enquanto o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na quinta-feira (6). Essa ordem será apresentada e confirmada na reunião desta quinta-feira da CPI.

Organizações da sociedade civil avaliam que a comissão com estes nomes está comprometida e pode ter um vexame ainda maior se o STF não tomar uma decisão de afastar o presidente, o relator e um dos membros, Jade barbalho.  Renan e jade são pais de dois governadores que já estão sendo investigados pela PF por corrupção na compra de respiradores

O Amazonas, alvo central da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia que será instalada nesta terça-feira (27) no Senado, guarda uma tradição em desviar recursos públicos. O senador Omar Aziz (PSD), que presidirá a CPI, ainda deve respostas sobre como as autoridades não devem agir na saúde pública. A esposa de Aziz, a deputada Nejmi Aziz (PSD), e os irmãos do senador  já foram presos, em 2019, por acusação de desvio de verbas públicas da saúde na maior operação da história da Polícia Federal no estado amazonense.

 Organizações da sociedade civil avaliam que ter “Eu penso que se colocarem o Omar Aziz nesta Presidência da CPI da Pandemia é por dois motivos: primeiro, porque ele é amazonense [radicado no Amazonas, Aziz é natural de Garça, em São Paulo]; segundo porque ele tem o rabo preso. Então, para quem tem e já é corrupto, não tem ética, não tem moral para presidir uma CPI com essa, que é a CPI da pandemia. Para mim, ele não representa bem a presidência de uma CPI nesta proporção, desse tamanho”, disse Francy Júnior, da Associação das Mulheres Brasileiras (AMB) e ex-candidata a vereadora de Manaus pelo PT.o senador Aziz na presidência da CPI é, no mínimo, amoral.

WhatsApp Giro de Notícias (73) 98118-9627
Adicione nosso número, envie-nos a sua sugestão, fotos ou vídeos.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS

Nome:

Texto:

Máximo de caracteres permitidos 500/



Bolsonaro é um Presidente honesto, e essa quadrilha que roubaram o País estão loucos porque fechou a torneira, e gerou abstinência. Brasil acima tudo e DEUS acima todos.
José Gezon Lopes de Araújo