Encontro organizado pela Secretaria da Segurança Pública foi realizado em Eunápolis com objetivo de impedir novos conflitos no Extremo Sul da Bahia.

Giro de Noticias - 22/09/2022 - 12:29


Com objetivo de Impedir novos conflitos foi o principal objetivo da reunião entre a Força Tarefa da Secretaria da Segurança Pública, índios, produtores rurais e órgãos federais realizada, na tarde desta quarta-feira (21). O encontro ocorreu no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na Subseção de Eunápolis.

As representantes indígenas relataram casos de ameaças, agressões físicas, falta de alimento, entre outros problemas enfrentados nas aldeias. Os ruralistas, por sua vez, listaram as fazendas que foram invadidas e denunciaram a utilização de armas de fogo por indiginas.

“Existe um grande problema, no que diz respeito à propriedade de terras, que não é da competência policial resolver. Os órgãos responsáveis precisam dar uma resposta. A polícia não tem lado. Queremos evitar novos conflitos”, ressaltou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

O chefe da pasta estadual acrescentou também que a Força Tarefa continuará na região por tempo indeterminado. “Estamos aqui para dar segurança aos indígenas e aos fazendeiros”, completou Mandarino.

WhatsApp Giro de Notícias (73) 98118-9627
Adicione nosso número, envie-nos a sua sugestão, fotos ou vídeos.


Compartilhe:

COMENTÁRIOS

Nome:

Texto:

Máximo de caracteres permitidos 500/



A política brasileira dão apoio à facção criminosa dizendo q é índios. Esse povo são terrorista, bandidos


Essa noite mais uma fazenda no entorno do parque Nacional foi envadida por índios armado a Faz.Nedila antiga faz.Baracate.